Alimentação na gravidez

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA GRAVIDEZ

Uma boa alimentação durante a gravidez é fundamental. Porém, a mulher que deseja engravidar deve começar a se preparar desde antes do início da gestação, com uma boa nutrição, geralmente acompanhada de multivitamínico, o qual tem ácido fólico.

Antes de engravidar, a mulher deve procurar o médico para que ele lhe indique como deve ser o processo pré-gravidez, e quais alimentos são benéficos e auxiliam para uma boa gestação.

Leia mais »

Ossos da mão

FRATURA NO DEDO DA MÃO

Fratura é outro modo de dizer que temos um osso quebrado. Especificamente, nesse caso, um osso do dedo da mão. Existem diversos tipos de fratura, que dependem de como o osso foi quebrado e também se há exposição dele para fora da pele ou não.

Os quatro principais tipos de classificação de fraturas são baseados na forma como o osso se rompeu. Se a fratura acontece em um ângulo para o eixo, ela se denomina oblíqua; se foi em fragmentos relativamente pequenos, é chamada de cominutiva; se está disposta em torno do eixo do osso, é conhecida como espirar; e se rompe a pele, consiste em uma fratura composta ou aberta.

Leia mais »

Refluxo na gravidez

REFLUXO NA GRAVIDEZ

Após a mastigação, os alimentos devem passar pela faringe, o esôfago e, só então, chegarem ao estômago. Nesse último órgão, há a presença de um suco gástrico com pH ácido, o qual os demais órgãos do nosso corpo não estão preparados para recebê-lo. Assim, há uma pequena válvula entre o esôfago e o estômago que se fecha logo após a passagem do alimento. Em alguns casos, contudo, há uma fraqueza ou disfunção em tal válvula e a consequência é que o ácido gástrico acaba subindo para o esôfago. Isso é conhecido como refluxo.

Leia mais »

Desvio de Septo

DESVIO DE SEPTO | Causas – Sintomas e Tratamento

O septo nasal é o que separa as duas narinas nos seres humanos. Ele é constituído por osso, cartilagem e mucosa e deveria dividir o nariz em duas partes iguais. Isso, contudo, quase nunca acontece, resultando no desvio de septo.

Assim, apesar do desvio ser muito comum, ele deve ser tratado como distúrbio apenas quando interfere no funcionamento do sistema respiratório, especialmente quando atrapalha o nariz a desempenhar sua função.

Leia mais »

Hiperidrose - suor

HIPERIDROSE – O suor em excesso

O suor é um mecanismo do nosso corpo para manter o equilíbrio térmico. Portanto, quando a temperatura do organismo sobre, o cérebro detecta tal aumento e faz com que a pessoa sue, assim a evaporação da água do suor alivia a sensação de calor. A sudorese, portanto, é essencial para qualquer ser humano e seu controle é involuntário, comandado pelo sistema nervoso autônomo.

Leia mais »

Espirro

ESPIRROS | Como e por que acontecem?

Quando alguma substância estranha entra no nosso organismo, o nosso corpo tenta expulsá-la de alguma forma. Se tal substância atingir o sistema respiratório, o espirro é uma maneira de tentar se livrar dela.

O processo começa quando um nervo craniano responsável pelas sensações e controle motor da face, chamado de trigêmio, identifica a substância e transfere a informação ao cérebro. Assim, esse órgão fará com que os músculos das costas e do abdômen se contraiam, provocando uma saída violenta de ar: o espirro.

Leia mais »

ronco

RONCO | Causas – Recomendações e Tratamentos

O ronco é provocado pelo estreitamento ou obstrução das vias respiratórias superiores durante o sono. Assim, a dificuldade do ar em passar por tais vias leva à vibração das estruturas, o que acaba provocando o ruído típico do ronco.

O ronco pode ser normal, quando a pessoa dorme de costas. Isso acontece porque, nessa posição, a musculatura da garganta fica mais flácida e a língua cai um pouco para traz, favorecendo a vibração da estrutura. Quando ocorrem grandes vibrações, contudo, e o ruído é muito intenso até mesmo em outras posições que não sejam a de costas, o ronco é classificado como patológico e o paciente deve procurar uma forma de tratamento.

Leia mais »

Tripofobia

TRIPOFOBIA – O distúrbio que causa medo de buracos

Você tem medo de buracos? Não? Pois tem gente que sim, e a ciência chama isso de tripofobia. Apesar de o nome vir do grego e realmente significar medo de buracos, a fobia pode ser generalizada como um medo de padrões geométricos, aqueles criados pela natureza.

Tal fobia ainda não foi muito estudada e não se encontra nem no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, porém, muitas pessoas afirmam sofrer da tripofobia e a comunidade de psicólogos desenvolve cada vez mais estudos na área.

Leia mais »

Piacada de insetos

PICADA DE INSETOS | Como acontecem e por que coçam?

Quem pica e quem é picado?

Dos mosquitos, as únicas que picam os mamíferos são as fêmeas, pois elas são hematófagas. Já os machos, independentemente da espécie, são vegetarianos e se alimentam da seiva de plantas.

Leia mais »

Soluços

SOLUÇOS – QUANDO DEVEMOS NOS PREOCUPAR COM ELES

O soluço é provocado por um movimento não intencional, conhecido como espasmo, do diafragma, que é o músculo relacionado ao sistema respiratório que separa o tórax do abdômen. Junto com o espasmo acontece o fechamento das cordas vocais, o que produz o som típico do soluço e prejudica a passagem de ar para os pulmões.

Leia mais »