DESCOLAMENTO PREMATURO DA PLACENTA | Sintomas, Tratamento

Descolamento da placenta

Definição:

É o descolamento da placenta com implantação normal antes da hora, que ocorre após 20 ou mais semanas de gestação. Este descolamento pode ser parcial ou completo.

 

 

 

 

Causas:

– Mecânicas – Trauma (queda, acidente); Cordão umbilical curto; polidramnia (excesso de liquido amniótico no útero); gestação de gêmeos; retração do útero após expulsão de 1° feto devido à descompressão rápida de um útero que estava muito distendido, torção de útero durante a gestação.
– Não mecânicas – Hipertensão arterial (pressão alta); Doença hipertensiva especifica da gravidez (hipertensão gestacional); multiparidade (vários partos anteriores); má- formação da placenta ou do cordão umbilical; ruptura da porção marginal da placenta.
– Desconhecidas

Fatores de Risco:

São fatores que aumentam a chance da paciente desenvolver a doença.

– Hipertensão arterial
– Tabagismo (gestantes que fumam)
– Uso de álcool ou outras drogas como a cocaína durante a gestação
– Episódio anterior de descolamento prematuro de placenta
– Desnutrição
– Anemia

Sinais e Sintomas:

– Sangramento vaginal no final da gravidez
– Dor em baixo ventre intensa
– Dor na região lombar e abdominal
– Contrações uterinas
– Hipertonia uterina (contração constante do útero)
– Hipovolemia (por sangramento que não se exterioriza, pode ocorrer em 20% das gestantes)
– Hipotensão arterial (pressão baixa)
– Pulso filiforme (pulso de baixa amplitude)
– Hipotensão postural
– Dificuldade para ouvir o coração do feto
– Morte do feto

Diagnóstico:

Deve ser clinico, pois demanda conduta rápida do médico.

Tratamento:

– Feto vivo – realizar cesárea imediatamente
– Feto morto – dependerá do volume de sangramento e da proximidade do parto
– Paciente apresentando sangramento abundante e dilatação do colo uterino ainda esta no inicio (o parto vai demorar ainda para acontecer) deve ser realizado cesariana
– Sangramento discreto, com dilatação do colo uterino próximo da total, realiza-se parto normal

Prevenção:

Não existe prevenção 100% para esta patologia, porém, realizar pré-natal e controle da pressão ajudam na diminuição da incidência desta doença.

Dúvidas serão respondidas apenas em nosso FORUM, entre e faça sua pergunta.

 

2 Comentários para “DESCOLAMENTO PREMATURO DA PLACENTA | Sintomas, Tratamento”

  1. Juliana disse:

    Olá me chamo juliana to com 11 semanas e estou com deslocamento na placenta nao sangrei mas sinto fortes dores to em repouso total me padiu o medico pos tem um hematoma to muito preocupada e a minha 2 gestaçao tenho um bb de tres anos.

  2. roseli aparecida justino disse:

    que pena que ainda tem medicos nao saibam disso passei por isso a ters anos atras e meu bebe veio a obito por falha medica pois sou hipertensa

Deixe seu Comentário

Faça seu login para comentar clique aqui.